10 de junho de 2009

crônica de um namoro

ou quase um!

você vive dois anos apaixonada por alguém que vê uma vez ao ano,
você a ama, você é fiel, você dá carinho, você ignora a distância.
você sente saudade todos os dias, você manda mensagens, manda mais de 200 e-mails
contados, e todo tipo de coisa pra chegar perto do que seus pensamentos não podem expressar.
você sonha,você combina frases, joga pensamentos, busca a rima perfeita,
você faz o poema mais apaixonado, você apresenta todos os seus amigos,
você conta pros seus pais, você junta o dinheiro que não tem, você vende as
suas suas coisas, você conquista sua maioridade, você viaja 423 km,
você briga com a sua família,
você passa as festas de final de ano com estranhos sozinha só pra poder estar com ela,
você a ama incondicionalmente, você dá carinho, você diz coisas que jamais diria,
você se sente a pessoa mais orgulhosa do mundo, você demonstra sentimentos mesmo sem receber, você aceita confusões amorosas, você viaja 423 km de novo,
você passa dias bolando pedidos de namoro, você ignora não's incansáveis,
você arranja um emprego pra cumprir promessas de aniversário dela,você compra presentes,
você compra alianças (que não vai mandar),você se humilha.
você gasta furtunas em interurbanos. pra que?!

pra ela te dizer entre um dia e outro por e-mail na semana do dia dos namorados
que ela não consegue sentir nada no namoro de vocês.

conclusão: você se fode.

como sentimentos de dois anos e seis meses desaparecem da noite pro dia, cacete!

desabafei!
jeová!

6 comentários:

Locke disse...

poxa Nah, eu fiquei triste com seu post :/

não vou falar frases clichês porque elas não mudam nada, já passei por momentos assim

digo então que caso eu puder lhe ajudar de alguma forma, me procure sem hesitar gatira :)

1bjo :*

C a i o disse...

Quase chorei, mas fazer o que, bola pra frente dança/

Gill disse...

Bola pra frente [2]
Nunca é facil, mas o sofrimento sempre tem um fim ;;

# nah disse...

obrigada meninooooooos <3
:*

KennY disse...

bola pra frente [3]

quase chorei [2]

Nunca é facil, mas o sofrimento sempre tem um fim [2]


eu vivi uma mentira dessa por 5 anos , e mesmo jurando que não ia fazer isso denovo acabei me apaixonando novamente , mais dessa vez eu vo ficar.... no meu canto até isso passar .


acho muito foda tua historia de vida nah , tu és muito forte ;x

Paula disse...

Poxa cara, eu realmente chorei lendo isso. Acho que todos aqui já passaram por experiências semelhantes.. É foda mesmo.. Mas poxa, bola pra frente.. Fácil é falar, o difícil é agir. Sei muito bem como você se sente. :/

Postar um comentário

 

Mente vazia a todo vapor 2010 | Layout por @vtkosq