26 de janeiro de 2010

Ninguém viu

Ele não se corrompe, não se vende, não se reduz
Ele não compactua, não é cumplice, anda na luz
Ele não rouba, não mente, "sabe o que quer"
Mas caiu dinheiro do bolso daquela mulher
Ele olhou, ninguém viu
Ele pegou e disse "é meu"

1 comentários:

Juju disse...

Grande realidade, até onde somos íntegros, será que só o somo squando temos alguém a quem mostrar toda nossa integridade?!

Beijujubas

Postar um comentário

 

Mente vazia a todo vapor 2010 | Layout por @vtkosq